Categorias
bios

Helvécio Ratton

É mineiro e mora em Belo Horizonte. Formado em Psicologia pela PUC,  é sócio-diretor da  produtora Quimera Filmes, que fundou com Simone Matos. Estreou na direção filmando em um hospício  o documentário EM NOME DA RAZÃO, que teve papel importante na reforma psiquiátrica. Dirigiu A DANÇA DOS BONECOS  e MENINO MALUQUINHO, filmes que marcaram  o cinema brasileiro por tratarem o público infantil com sensibilidade e inteligência. Na comédia de costumes AMOR & CIA, trouxe para o cinema a crítica social e o humor fino do escritor português Eça de Queiroz. Em UMA ONDA NO AR, Helvécio se inspirou na história verdadeira de uma rádio pirata criada por jovens negros em uma favela. BATISMO DE SANGUE, baseado no livro homônimo de Frei Betto, narra a prisão e tortura de frades dominicanos durante a ditadura militar no Brasil. PEQUENAS HISTÓRIAS se dirige à família e junta a moderna linguagem audiovisual com a tradição oral dos contadores de histórias. O MINEIRO E O QUEIJO é um documentário político e poético que aborda a história do queijo Minas, considerado patrimônio nacional,  mas durante anos impedido de ser comercializado no país. O SEGREDO DOS DIAMANTES, inspirado em fatos da nossa História, conta a aventura de três garotos que buscam um tesouro de diamantes do século 18. Seu filme mais recente, O LODO, adaptação livre do conto homônimo de Murilo Rubião, é um thriller fantástico sobre um homem comum que procura um psiquiatra para tratar uma depressão e sua vida se transforma num verdadeiro inferno.

Conheça os “Dez filmes para ver com as crianças” por Helvécio Ratton em Olhares Ciranda Cirandinha de Filmes.